Notícias
Publicado em: 30/05/2016 00:00:00
Ibiporã

Alunos expõem trabalhos do Prêmio Estudante Seara Rede Massa 2016

Quadros produzidos com material reciclável sobre o tema “Água – um bem precioso” foram confeccionados por alunos da Rede Municipal. Quatro trabalhos representarão Ibiporã

Lacres de lata de refrigerante, copos e garrafas plásticas, canudos, pilhas e baterias, retalhos, CDs, restos de material de construção. Todos estes resíduos poderiam ter ido para o lixo, mas se transformaram em obras de arte nas mãos dos alunos dos quintos anos da Rede Municipal de Ensino de Ibiporã que participam da sétima edição do “Prêmio Estudante Seara Rede Massa”.

Na terça-feira (24), no Auditório dos Pioneiros, ocorreu a exposição e julgamento dos 155 trabalhos confeccionados por todos os alunos (609) dos quintos anos de 13 escolas da Rede Municipal de Ensino, sob a coordenação de 20 professores de Artes e pedagogos.

O lançamento da exposição dos trabalhos contou com a presença da vice-prefeita, Sandra Moya, representando o prefeito José Maria Ferreira, que estava em viagem de trabalho, a primeira-dama e presidente de honra da Associação de Proteção à Maternidade, Infância e Família (APMIF), Eliana Eik Borges Ferreira, a secretária de Educação, Margareth Coloniezi, equipe da Secretaria de Educação, secretários, vereadores, diretor presidente do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), Claudio Buzeti, do diretor de Limpeza Pública do Samae, Miguel Gardini, secretários, servidores, da coordenadora do prêmio, Mariluz Barbosa Zanin, e representantes da Kurica Ambiental.

Com o tema "Água - Um Bem Precioso", o desafio das equipes nesta edição foi confeccionar um quadro, tendo como matéria-prima resíduos recicláveis e reaproveitáveis, acompanhado de uma poesia que verse sobre o tema. “O objetivo este ano foi trabalhar com os alunos o sentido de que a preservação e otimização do uso da água abrem caminhos para melhorar o equilíbrio ambiental e a qualidade de vida das comunidades”, explicou Mariluz.

As alunas Larissa Vitoria Stabel, Luana Carolina Alves de Souza e Yara Santos de Faria, da Escola Nelson João Sperandio, no Conjunto Miguel Petri, confeccionaram o quadro “Água, fonte de vida”, com sacos, copos plásticos e lacres de latas de refrigerante. “Nosso quadro tem uma cachoeira, plantas e animais. A ideia é mostrar que a água é essencial para a vida e devemos preservá-la”, explicaram.

Como incentivo para participar do concurso, palestras interdisciplinares sobre o sistema de saneamento básico municipal, o uso racional da água e a importância da coleta seletiva foram ministradas pelo diretor de Limpeza Pública do Samae e a assessora de Artes e Projetos relacionados ao Meio Ambiente da Secretaria Municipal de Educação, Isabel Aparecida Alves. “Este ano tivemos recorde de participantes, que orientados por seus professores realizaram trabalhos criativos, bonitos e ecologicamente corretos. Parabéns a todos os envolvidos nesta grande iniciativa. Creio que cada criança aqui presente será um cidadão transformador de nosso país”, comentou Isabel.

A secretária de Educação, Margareth Coloniezi, agradeceu ao empenho da comunidade escolar, servidores da Educação e das secretarias de Cultura e Turismo, Saúde e Agricultura e Meio Ambiente no desenvolvimento das atividades com os alunos. “Quero estender meus agradecimentos também à Seara por promover um evento pedagógico e ambiental de tamanha importância, o qual tem permitido trabalhar a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade no ambiente escolar”, acrescentou Margareth.

A coordenadora do prêmio lembrou que Ibiporã participa desde a primeira edição e parabenizou a inscrição recorde dos alunos e qualidade dos trabalhos apresentados. “Vocês estão entre os cinco municípios que inscreveram 100% dos alunos matriculados no 5º ano, e, por isso, terão a bonificação de mais um trabalho classificado. Parabéns aos professores e alunos e à parceria da Administração Municipal, que, desde o início, abraçou a causa”, agradeceu Mariluz.

O diretor presidente do Samae aproveitou a temática do evento para enfatizar a qualidade dos serviços de saneamento básico prestados em Ibiporã e alertar sobre os cuidados com a água. “Nosso município não sofre com a falta de água porque possui duas unidades de captação e recalque, uma no Ribeirão Jacutinga e outra no Poço do Aquífero Guarani. Mesmo assim precisamos usar a água racionalmente. A natureza e o bolso agradecem”, lembrou Claudio Buzeti.

Sandra Moya reforçou que o fato de Ibiporã oferecer aos seus munícipes água de excelente qualidade, com propriedades minerais, deve-se a uma preocupação antiga dos gestores municipais em investir em políticas públicas voltadas a melhoria do saneamento básico e gestão dos resíduos sólidos. “Nossa administração continuará a investir em água e esgoto de qualidade, pois se trata de uma ação importante para a melhoria da qualidade de vida da população. A vocês, crianças, peço que repassem tudo o que aprenderam sobre a preservação da água e do meio ambiente aos seus familiares e amigos”, concluiu a vice-prefeita.

Apresentações de canto e dança dos alunos das Escolas Municipais Rotary Club e Alberto Spiaci encerraram o evento.

Premiação

Os trabalhos em exposição foram julgados por uma comissão formada por profissionais ligados às áreas de Meio Ambiente, Artes e Língua Portuguesa. Critérios como adequação ao tema, originalidade, criatividade, beleza estética e clareza no desenvolvimento das ideias foram considerados na avaliação. As equipes premiadas na etapa municipal ganharão medalhas de Honra ao Mérito e uma viagem de conhecimento ao Sítio do Carroção, único resort pedagógico do Brasil, em Tatuí (SP). O resultado será divulgado nos próximos dias.

Já na etapa estadual, o Prêmio Estudante Seara Rede Massa 2016 distribuirá um notebook (para o 1º lugar), um tablet 10' (2º) e um tablet 7' (3º). Haverá ainda premiação do professor da equipe vencedora - R$ 12.000,00 em dinheiro (para o 1º lugar), R$ 4.000,00 (2º) e R$ 2.000,00 (3º). Já a escola vencedora levará R$ 40.000,00 (1ª colocada), R$ 5.000,00 (2ª) e R$ 3.000,00 (3ª). Os prêmios para as escolas terão que ser investidos na implantação de projetos pedagógicos que estimulem a consciência ambiental. Ibiporã participa do Prêmio Seara desde a primeira edição, tendo, inclusive, vencido edições anteriores.

Instituído em 1993 pela Seara Agropecuária, em parceria com a Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná. Quatro mil e oitocentos alunos de 14 municípios participam desta edição do prêmio.

fonte: Prefeitura de Ibiporã
Colunista: Caroline Vicentini