Notícias
Publicado em: 09/01/2018 00:00:00
Ibiporã

João Coloniezi faz balanço positivo do primeiro ano de gestão

Prefeito de Ibiporã ressaltou que governo municipal conseguiu realizar mais do que o programado para 2017 e projeta grandes obras para este ano

Confira abaixo entrevista com o prefeito João Coloniezi sobre o balanço do primeiro ano de gestão e quais as obras e realizações programadas para 2018.

1) Qual é o balanço deste primeiro ano de mandato?

O primeiro ano de uma nova gestão é sempre de organização da Administração. Apesar de ter sido mais um ano muito difícil para os municípios, por conta da grave crise econômica e política, o nosso governo conseguiu fazer mais do que se propôs. Conseguimos executar este ano as obras planejadas para 2018. Graças à gestão eficiente dos recursos, estamos com as contas em dia e obras por toda a cidade. E percebemos que a comunidade reconhece e está satisfeita com o trabalho realizado pelo governo municipal. Enfim, o balanço deste primeiro ano de mandato é muito positivo.

2) Quais foram as principais realizações da Administração Municipal em 2017?

Concluímos a reforma do CMEI Menino Deus, no Jardim John Kennedy; estamos reformando o ginásio de esportes Cleber Lopes Zanni, conhecido como “Munhequinha”; estamos recuperando a quadra poliesportiva e coberta da Escola Municipal Mário de Menezes, no Jardim Bom Pastor; fizemos benfeitorias em praças; investimos no loteamento industrial Nenê Favoretto e estamos fazendo uma intervenção dentro do Condomínio Empresarial, atraindo 11 novas empresas, e com elas mais emprego, renda e desenvolvimento para Ibiporã; o Parque de Máquinas, antes um ambiente insalubre, passou por uma reformulação completa e agora está mais bem equipado e com instalações mais adequadas para atender as demandas diárias da Administração Municipal e as necessidades do servidor; executamos mais de 300 mil m² de recape asfáltico em vias de vários bairros da cidade – uma demanda muito cobrada pela população.

Também investimos maciçamente na mobilidade urbana, realizando importantes obras de interligação entre os bairros, como a ligação do Jardim Beltrão com o Jardim Éden e a Vila Ribeiro; estamos com obras na Avenida Ibrahim Prudente da Silva; a pavimentação da Rua Lions Clube e das Margaridas (Vila Ribeiro), a ligação da Avenida André Sert, no trecho entre a Rua Rui Barbosa até a Eduardo Reginado (Jardim Las Vegas) e a revitalização da Rua Porecatu, no Jardim San Rafael, que recebeu recape asfáltico, novas bocas de lobo, ciclovia, além do fundo de vale do Córrego Irara ter sido revitalizado. Qualificamos nossas equipes, e a maioria das obras foram executadas com infraestrutura e mão de obra próprias, gerando economia de recursos.

Promovemos grandes eventos para a população, como a Festa Junina, que veio com uma nova roupagem, oferecendo atrações mais próximas das tradições rurais; resgatamos os famosos shows de calouro, com a realização em novembro do “1º Canta Ibiporã”, e as brincadeiras de rua com a “Praça da Alegria” em alguns eventos. Para encerrar, realizamos durante o mês de dezembro, na Praça Pio XII, o “Natal é Paz”, com uma grande participação de famílias ibiporaenses e visitantes da região, que se encantaram com a decoração sustentável, a intensa programação artística, food trucks, Casa do Papai Noel, e as novidades do “Presépio Vivo” e a projeção mapeada nas paredes da Igreja Matriz.

3) Quais foram os avanços este ano na área da Educação?

O Plano Nacional de Educação preconiza que até 2018 todas as crianças acima de três anos estejam matriculadas na Rede de Ensino. Ibiporã já cumpre isso. E para as crianças abaixo de três anos, a meta é que até 2024 os municípios atendam a 50% da demanda. Ibiporã já atende mais de 75%, à frente de muitos municípios brasileiros. Mas isso não tira a nossa responsabilidade. Para reduzir o déficit de vagas, já adquirimos um terreno no Conjunto Miguel Petri para a construção de um novo CMEI. Também já fizemos levantamento de um terreno pertencente ao Município no Terra Bonita e vamos construir mais uma escola e um CMEI. Em 2018 vamos construir uma nova sede para a Escola Aldivina Moreira de Paula, que hoje funciona em conjunto com o Colégio Estadual Antonio Iglésias. Este novo prédio será edificado atrás do ginásio do Jardim Pérola. Os recursos já estão garantidos e a licitação em andamento. Também planejamos a construção de uma escola na Taquara do Reino.

Aliado a isso, temos a promessa do governo estadual para construir o Colégio Estadual Ulisses Guimarães, que atenderá os moradores da região sul, uma população de cerca de 10 mil habitantes que até hoje não possui um colégio que ofereça o Ensino Médio.

4) Qual o balanço na área da saúde?

Visando a excelência na Atenção Primária, a Secretaria Municipal de Saúde melhorou as suas práticas de gestão. Estas mudanças nas relações e processos de trabalho resultaram em um aumento dos atendimentos, redução das filas para consultas nas UBS e usuários mais satisfeitos com um atendimento mais resolutivo e humanizado.

Celebramos um novo contrato com o Hospital Cristo Rei, com um acréscimo de R$66 mil mensais no repasse da Prefeitura em relação ao contrato anterior, além da contratação de mais serviços.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) passou por uma mudança na postura de gestão. Algumas alterações foram implantadas pela nova direção já no início de 2017, como os médicos serem autorizados a solicitar exames complementares com especialistas, diminuindo o tempo de espera do paciente por um exame e agilizando o atendimento na UBS de referência.

Outra novidade foi a dispensação da primeira dose do antibiótico a pacientes com quadro de doença aguda que são atendidos à noite, finais de semana e feriados. Sem dinheiro para adquirir o remédio na farmácia, muitos pacientes iniciavam o tratamento somente na segunda-feira, quando podiam ir até a UBS retirar o medicamento prescrito. Com esta estratégia, reduziu-se em quase 90% o índice de retorno aos finais de semana de pacientes com complicações da doença. Também aumentamos o quadro de pessoal, adquirimos novos equipamentos e aparelhos de ar condicionado foram instalados em mais salas de consultório e nas de observação.

5) E o que esperar para 2018?

A nível nacional existe uma expectativa de melhora da economia, cujos sinais de recuperação já começam a ser divulgados. Isso é muito bom para os municípios e Ibiporã também espera por isso, porque não basta gerir bem quando a população passa por dificuldades financeiras, falta de emprego. No tocante ao nosso município, fizemos uma gestão eficiente dos recursos em 2017 e entramos em 2018 com os compromissos quitados e orçamento para as várias obras que executaremos este ano, como a construção de CMEIs, escolas, novos espaços esportivos, reforma das secretarias instaladas no prédio da Prefeitura, conclusão da duplicação da Ibrahim Prudente da Silva, término da ponte que liga o Kaluana/Azaleia ao Miguel Petri, abertura de novas ruas. Também executaremos 600 mil m² de recape – o dobro do ano passado. A meta é chegar ao final do ano com todas as ruas recapeadas. Vamos também melhorar os eventos organizados pelo governo municipal, os quais foram muito elogiados ano passado pela população, tais como a Festa Junina Municipal e o Natal na Praça Pio XII. Enfim, eu e minha equipe continuaremos a trabalhar comprometidos com Ibiporã e a melhoria da qualidade de vida da população.

fonte: Núcleo de Comunicação Social