Notícias
Publicado em: 22/08/2017 00:00:00
Ibiporã

Kleber Machado denuncia possíveis crimes ambientais

Pintura de árvores, poda drástica de seringueira e obra no Jardim San Rafael estão sob suspeita segundo o vereador do Partido da República

O vereador Kleber Machado (PR) formalizou no Ministério Público um pedido de investigação para averiguar um possível crime ambiental cometido pela Prefeitura de Ibiporã, através da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, Obras e Transporte na pintura (caiação) de árvores e “poda drástica” de uma seringueira. Solicitou também informações sobre obra que estava sendo realizada na Rua Porecatu, no Jardim San Rafael, e teria sido paralisada a pedido do Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Tudo começou quando a vereadora Mari de Sá (PMDB), em julho deste ano, solicitou ao secretário municipal de Serviços Públicos, Obras e Transporte, Alexandre Lourenço Ferreira, informações sobre os procedimentos quanto à pintura de árvores em nosso Município, visto que tal iniciativa é uma infração à legislação local, a qual veda expressamente esta prática, segundo o que dispõe a Lei Municipal 2007/2006 em seu artigo 13: “É vedada a fixação de faixas, placas, cartazes, holofotes, lâmpadas e qualquer tipo de pintura na arborização pública”.

O secretário respondeu afirmando que as árvores não estariam sendo pintadas, mas caiadas. Só que uma cartilha divulgada no site oficial da Prefeitura afirma que nem mesmo a caiação é permitida nos troncos das árvores da nossa Cidade.

Diante desses fatos, o vereador Kleber Machado, decidiu pedir a ação do Ministério Público, que é o caminho mais correto quando um assunto fica em dúvida, e há até mesmo a possibilidade de um possível crime ambiental. O vereador também incluiu no seu pedido a “poda drástica” realizada em uma seringueira às margens da BR-369, em frente ao antigo Instituto Brasileiro do Café (IBC) que, segundo informações obtidas no Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) poderia até levar à morte da árvore que demorou décadas para se desenvolver naquele local.

Outra questão que preocupa o vereador Kleber Machado, primeiro secretário da Mesa Executiva da Câmara Municipal de Ibiporã, é uma obra que estava sendo realizada na Rua Porecatu, Jardim San Rafael, e teria sido paralisada a pedido do IAP. O vereador solicitou informações à Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e aguardará as respostas para verificar qual atitude deverá ser tomada em relação a este fato. Ele acha estranho que a obra, se realmente estava sendo executada com planejamento e autorização do IAP, seja paralisada pelo mesmo órgão ambiental do Paraná responsável por dar aval à execução do serviço.

O vereador Kleber Machado fez questão de dizer que suas atitudes são em respeito ao cidadão de Ibiporã e aos cofres públicos municipais e não uma oposição ao prefeito João Coloniezi (PMDB), a quem considera estar realizando uma boa administração até o momento, conquistando recursos para a recuperação asfáltica, além de veículos e ambulâncias para melhorar a vida de todos os ibiporaenses. Mas acredita que os secretários municipais, diretores e demais assessores devem ser cobrados quando realizam atitudes que prejudicam a administração municipal.

ASSISTA REPORTAGEM COMPLETA NA TV CÂMARA

https://youtu.be/xKqE-rIffSI

fonte: Devaldo Gilini Júnior